Categorias

Receitas

Guaraná ao jeito sateré-maué
Não é usado o guaraná em pó nem o xarope. É o jeito mais antigo de tomar guaraná., e muito simples também, embora exija tempo e paciência típica sateré.
Com uma pedra-seixo rale o bastão de guaraná em uma cuia – cabaça com água fria. Use como dosagem 1 colher de chá bem cheia de guaraná para cada meio copo de água. Bebe-se em grupo, na mesma cuia, girando em sentido horário, até esvaziar. Atenção, neste jeito não se diz “tomar guaraná” e sim “tomar o sapó”.

Guaraná do mauesense
O caboclo mauesense tem o seu jeito especial de tomar guaraná. Usa o bastão como o sateré, mas rala com a língua de pirarucu ou lima de aço. É servido em copo individual. O filho da terra do guaraná bebe uma dose mais reforçada, em torno de 2 colheres de chá.

Guaraná mirantã-sapó
Foi criado pelo descendente sateré, Ricardo Terence, e é a especialidade do seu restaurante em Maués. Muito apreciado pelos turistas, o guaraná ralado na língua do pirarucu é dissolvido na água de coco gelado, junto com uma colher de chá de mirantã em pó e duas colheres de sopa de mel de abelha. É servido em jejum ou ao por do sol quando o usuário se prepara para uma boa noitada. (em tempo: o mirantã é o afrodisíaco feito da raiz da árvore do mesmo nome, muito usado pelos índios sateré-maué e com muito sucesso entre os brancos).

Suco do guaraná
Foi criado há mais de quinze anos atrás, nas bancas lanchonetes que existiam nos calçadões do centro comercial de importados na Zona Franca de Manaus. Era muito usado pelos turistas e sacoleiros que naquela época transitavam pela capital do Amazonas. Hoje o suco foi popularizado em todo nordeste e em alguns Estados do leste.
É feito tendo como base, duas colheres de chá de guaraná em pó (semente torrada ralada industrialmente), uma colher de sopa de xarope do guaraná, açúcar. Esta base é adicionada ao suco de uma fruta ou em “vitaminadas”.

Turbinado
Como no suco de guaraná, o turbinado também é batido no liquidificador, com as mesmas porções básicas, mas com acréscimo de uma colher de sopa de amendoim ou castanha torrado, uma colher de chá de mirantã, outra de catuaba mel em vez de açúcar, com ou sem polpa de fruta. Excelente para antes de uma boa farra.

Guaraná expressinho
Ideal para o dia a dia. É feito simplesmente adicionando-se duas colheres de guaraná em pó a uma colher de sopa de mel de abelha. Tome diariamente, antes do café, e sinta-se com mais energia.

Porradinha
Criada em Maués no Bar Toka do Kandiru, é feita com uma dose de vodka, ½ de Martini, uma colher de sobremesa com amendoim, duas com leite condensado, 2 do Xarope do Guaraná Maués, 3 gotas de baunilha, 1/2 colher de chá de chocolate, 2 colheres de chá de Guaratã (produção exclusiva do Guaraná Maués).
Bate tudo e serve em taças com gelo picado.